dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     18/05/2022            
 
 
    

Uma das grandes dificuldades para acelerar o progresso genético da bovinocultura leiteira está relacionada ao maior intervalo entre gerações, ou seja, idade média dos pais quando os filhos entram em reprodução, quando comparado ao de outras espécies animais. Nas condições de criação das fazendas brasileiras o tempo médio para isso acontecer varia entre cinco e seis anos para as raças mais precoces e, em alguns casos, de oito até dez anos para raças mais tardias. A razão para isso está no modelo de melhoramento genético utilizado, onde o mérito genético dos touros (e também das mães) é avaliado segundo o desempenho das suas respectivas filhas (acurácia), chamado de avaliação fenotípica. Assim, para um touro se tornar de fato reconhecido pelo mercado como multiplicador de genética superior são necessários sete ou oito anos. 

A tecnologia dos marcadores moleculares, mais recente descoberta da biotecnologia molecular para encurtar o ciclo de criação da pecuária de leite e identificar precocemente o verdadeiro mérito genético de touros e matrizes usados na reprodução, permite avaliar, por meio da análise do DNA, os genes e/ou seqüências gênicas responsáveis por características de interesse econômico; produtivas (leite, gordura e proteína), conformação (frame, força leiteira, úbere, pernas e patas e conformação final) e funcionais (longevidade, fertilidade e sanidade). Entre os maiores centros de pesquisa do mundo nesta área estão a Universidade de Liège, na Bélgica, e de Wageningen, na Holanda. Ambas desenvolvem em conjunto com o Grupo CRV, desde 1994, a validação de 60 mil SNPs (marcadores moleculares) aplicados ao genoma bovino da raça holandesa. Esta descoberta científica, e a sua aplicação dentro do programa de seleção da CRV, permitiram vários progressos, tais como aumentar a qualidade e quantidade de linhagens maternas e de bezerros jovens, que serão os futuros touros provados.

"um novo momento na área de melhoramento genético de bovinos leiteiros"

 Wiliam Tabchoury

Dessa forma, permitiu-se aumentar a pressão de seleção, o valor genético médio destes animais e, ainda, a quantidade e qualidade dos touros TOP. Para se ter uma ideia prática da ordem de grandeza destes números, no momento, o Grupo CRV produz e seleciona, via marcadores moleculares, 1 mil bezerras e 1 mil bezerros, provenientes dos melhores touros do mundo e, ainda, de um rebanho total de 14 milhões de fêmeas, espalhadas principalmente pela Europa e América. Desse universo de animais avaliados com marcadores moleculares, os 200 melhores são selecionados para o teste de progênie convencional, ou seja, cujos resultados são provenientes das avaliações fenotípicas das suas próprias filhas. A nata destes bezerros jovens de qualidade genética superior já está sendo disponibilizada para uso comercial, por meio de um produto denominado Insire, que consiste num grupo composto por seis destes touros jovens, com valores genéticos elevadíssimos. Os marcadores moleculares permitem elevar a acurácia dos valores genéticos preditos destes animais jovens, que é de 30%, quando calculado somente pelo pedigree para até 70%. No caso do Insire, que agrega num pacote seis reprodutores jovens, a acurácia média é superior a 92%.

No Brasil, o pacote selecionado tem foco em Leite e Conformação, cujos valores mínimos são de 1.300 quilos para leite, 250 para longevidade e 109 para conformação final. Significa um grande salto no melhoramento genético de bovinos leiteiros, aumentando a velocidade de ganho genético destas características superiores, de elevado interesse econômico e aumentando a rentabilidade dos produtores. Isso permite o aumento da quantidade e qualidade de touros TOP com novas linhagens maternas, fato que reduzirá a consanguinidade; maior eficiência e rapidez na avaliação genética, ofertando ao mercado um maior número de opções ainda mais atrativas do ponto de vista econômico. E também acelerar significativamente o progresso genético dos bovinos leiteiros, especialmente da raça holandesa, seja pelos ganhos significativos gerados dentro do programa de seleção e identificação de animais superiores, seja pelo fato de aumentar ainda mais o acesso e penetração desta tecnologia nas fazendas distribuídas pelo mundo todo, especialmente no Brasil.

Trata-se, portanto, de um novo momento na área de melhoramento genético de bovinos leiteiros, que antecipa a genética do futuro, de forma rápida e segura, fato que trará maior competitividade para a cadeia produtiva do leite e possibilidades de maiores ganhos para os produtores, principalmente aqueles que estiverem desfrutando, de forma pioneira, dos seus benefícios.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Manejo - Artigos já Publicados

Guilherme Alves Pires Ferreira - AgroPlan UFV
Expansão da área cultivada com cana-de-açúcar na região do Triangulo Mineiro
26/07/2012

Leonardo Volpato - AgroPlan/UFV
Boas práticas de manejo aumentam a qualidade do café
28/06/2012

Beckhauser
A importância do manejo e da contenção para sucesso reprodutivo
01/03/2012

Beckhauser
É hora de planejar a alimentação do gado na seca
29/11/2011

AgroPlan-UFV
Manejo integrado de plantas daninhas em lavoura de café
27/10/2011

AgroPlan-UFV
Integração Lavoura - Pecuária e Floresta protege o meio ambiente e diversifica a produção
29/09/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
“Abate humanitário”: exigência que virá do consumidor
06/09/2011

AgroPlan-UFV
Utilização de milho safrinha após geada, para silagem
04/08/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Escolha a agulha certa
02/06/2011

Toledo do Brasil
Balança de caminhão reduz custos logísticos
10/05/2011

AgroPlan-UFV
Colheita de sementes de brachiaria por varredura
05/05/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Ganhando peso na desmama
26/04/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Transporte racional
17/03/2011

Beckhauser
Castração depende do manejo
22/02/2011

Coimma Balanças e Troncos de Contenção
Automação do manejo: caminho sem volta
13/01/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Identificação bem feita
28/12/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Reatividade na seleção do rebanho: comportamento influencia produtividade e qualidade da carne
26/11/2010

Toledo do Brasil
Gerenciador de pesagem é a bola da vez
11/11/2010

Beckhauser
Manejo correto começa cedo
21/10/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Tecnologia garante rentabilidade ao negócio
22/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de poda na cultura do café
09/09/2010

Beckhauser
Bem-estar no bolso
03/08/2010

CRV Lagoa
Marcadores genéticos, seleção genômica e outras tecnologias
06/07/2010

Beckhauser
Condução do rebanho
01/07/2010

Beckhauser
Para o gado não perder peso no curral
24/05/2010

CRV Lagoa
Estratégias para aumentar o número de vacas prenhas na fazenda
29/04/2010

Toledo do Brasil
Dica: bê-a-bá da balança rodoviária
22/04/2010

CRV Lagoa
É preciso estar sempre de olho nos índices zootécnicos
31/03/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Em dia com a balança
26/03/2010

Toledo do Brasil
Balança portátil realiza análise de produtividade
17/03/2010

Beckhauser
Dicas de manejo com bezerros
09/03/2010

CRV Lagoa
Melhoramento Genético para aumento de proteína no leite
27/02/2010

Toledo do Brasil
Sistema automatiza a pesagem de big bags
06/02/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Local de fixação do brinco pode agilizar a identificação do animal
01/02/2010

Coimma
Qualidade da carne começa na base da cadeia produtiva
26/01/2010

CRV Lagoa
Manejo reprodutivo de primíparas
20/01/2010

Beckhauser
Controle remoto no curral
12/01/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Tronco de contenção reduz acidentes no manejo de bezerros
22/12/2009

Beckhauser Troncos e Balanças
Eficácia da vacinação depende de manejo adequado
29/10/2009

Toledo do Brasil
Nova geração de balanças proporciona rastreabilidade
29/10/2009

Embrapa
Gerenciamento de resíduos de laboratório e de campos experimentais da Embrapa Pecuária Sudeste
01/09/2009

Conteúdos Relacionados à: Melhoramento genético
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada