dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     10/08/2022            
 
 
    

Ao longo de oito anos de existência o Selo de Identificação da Agricultura Familiar (Sipaf) tem mais de 2.300 permissionários, divididos em permissões para associações e cooperativas, agricultores familiares individuais e empresas. Os números chegam a 578 permissões para cooperativas e associações, 88 para empresas e 1.611 para agricultores familiares individuais. Ao todo, a política já beneficia aproximadamente 155 mil agricultores familiares.

Mais de 30 mil produtos já utilizam a marca da agricultura familiar brasileira. Desses 1.075 são produtos de origem quilombolas e 199 de origem indígena. O estado com maior número de produtos identificados é o Espírito Santo, com aproximadamente 6.400 produtos, seguido de São Paulo (4.351), Rio de Janeiro (3.400) e Minas Gerais (2.721). O maior percentual dos produtos é de origem vegetal, seguido dos produtos de origem animal e artesanato.

De acordo com Simone Barreto, consultora responsável pela pauta, “o Sipaf poderá propiciar uma maior aproximação do consumidor com os agricultores familiares e proporcionar o entendimento de certas especificidades da produção familiar, como a sazonalidade, a não padronização de tamanhos e formas, entre outros pontos que dificultam que a produção da agricultura familiar esteja disponível nos supermercados. ” Logo, essa articulação apresentará os valores intrínsecos da agricultura familiar e possibilitará vantagens para esses produtos cadastrados, seja nas grandes redes de varejo, mercadinhos, feiras livres ou mercados institucionais.

Sipaf
A fim de dar visibilidade aos produtos da agricultura familiar, o Sipaf foi instituído através da Portaria MDA Nº 45, de 28 de julho de 2009 e atualizada pela Portaria Nº 7, de 13 de janeiro de 2012. O selo tem por objetivo identificar os produtos que tenham em sua composição a participação majoritária da agricultura familiar e colocar em evidência as empresas e os empreendimentos da agricultura familiar que promovam a inclusão econômica e social dos agricultores, gerando mais empregos e renda no campo.

Como solicitar o Sipaf?

O Sipaf é permitido pela Sead, para pessoas físicas portadoras da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), e as pessoas jurídicas, portadoras ou não da DAP. Para os não portadores de DAP, esses devem comprovar que o produto tenha na sua constituição mais de 50% da matéria-prima principal de produtos oriundos da agricultura familiar. Para solicitar a permissão de uso do Sipaf, devem encaminhar a Sead, carta de solicitação, proposta de obtenção do Sipaf, declaração de cumprimentos das exigências legais, DAP (caso seja portador), e cópia do CNPJ, no caso de pessoa jurídica.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Notícia
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada