dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     02/07/2022            
 
 
    

O Global Positioning System (GPS) conhecido no Brasil como Sistema Global de Posicionamento, foi desenvolvido na década de 70 pelo departamento de defesa dos Estados Unidos da América, com propósito militar. Posteriormente, com a alta acurácia e tecnologia dos receptores, o GPS passou a ser utilizado nos mais variados segmentos civis, como navegação, aviação, topografia, controle de frotas e também na agricultura, como, por exemplo, na agricultura de precisão. Apesar dessa grande tecnologia, alguns erros fazem parte do sistema e variam em função do tipo de posicionamento/receptor. 

Os posicionamentos mais utilizados na agricultura são: absoluto, WADGPS (Wide Area Differential GPS) e RTK (Real Time Kinematic). O posicionamento absoluto é aquele em que as coordenadas são calculadas no próprio receptor sem auxilio de outro equipamento. Já o WADGPS processa informações que diminuem o erro por meio de estações base espalhadas no continente/região de interesse, que pode ser Estados Unidos da América, Europa ou mesmo o Brasil e são disponibilizados gratuitamente pelos governos ou cobrados por empresas particulares. Enquanto que o RTK utiliza o mesmo princípio do WADGPS, porém as estações base são locais. 
 
Dentre esses tipos de posicionamento, o absoluto possui o maior erro e varia de 3 a 10 m, sendo utilizado em operações como amostragem de solo, demarcação de talhões, identificação de pragas e doenças e mapas de colheita. O uso do WADGPS justifica-se para aplicação de insumos como pulverização, adubação e calagem, onde se admite um erro em torno de 0,20 a 1 m. Porém, a acurácia do RTK é de 2 cm, por essa razão é utilizado com piloto automático para operações de semeadura, plantio e colheita sistematizada. Atualmente, existe um novo tipo de RTK que dispensa o uso de estações locais e utiliza bases regionais para a correção do posicionamento, proporcionando um erro de 5 cm.
 
Para cada tipo de posicionamento relacionado acima, existe um receptor adequado. Por exemplo, para posicionamento absoluto os receptores utilizados são aqueles mais simples, chamados de navegação ou receptores C/A. Entretanto, os receptores L1 são mais usados em WADGPS e possuem mais tecnologia que os receptores C/A, tendo uma antena diferencial que faz as correções necessárias para diminuição dos erros. Já os receptores mais modernos e com maior tecnologia, utilizados em agricultura de precisão, são os receptores L1/L2. Esses possuem um link de rádio para transmissão dos dados da estação base para a estação móvel (rover), que nada mais é do que o trator que está em movimento no campo.
 
As variações da acurácia, ou seja, o erro em campo, são causadas por fatores inerentes ao sistema que são relacionados aos satélites, à propagação do sinal, à estação do controle e ao receptor/antena. Os principais fatores que influenciam os erros são troposfera, ionosfera e multicaminhamento (reflexão) e causam mais ou menos acurácia dependendo das condições climáticas, estações do ano, topografia e construção civil.
 
Por isso, conhecer as limitações de cada tipo de posicionamento/receptor é importante para seu uso correto e sucesso das operações em agricultura de precisão.
 
 
 
Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
João Paulo Carvalho
11/01/2022 - 18:10
Grato pela reportagem, doutora. Muito esclarecedora.

Saberia dizer se hoje já existem soluções de custo mais reduzido com a tecnologia WADGPS, para pequenas propriedades?

Não temos visto ainda soluções de baixo custo que usem RTK, e ainda não temos conhecimento da disponibilização gratuita de sinal regional de RTK na região de Jataí/Goiás.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Mecanização em Agricultura de Precisão - Artigos já Publicados

Novas tecnologias aplicadas durante a operação de semeadura
30/11/2011

O sistema NAVSTAR – GPS
03/10/2011

Análise do solo: ferramenta indispensável para a agricultura
16/05/2011

A importância da língua inglesa para o profissional de Agricultura de Precisão
25/03/2011

Contribuição da agricultura de precisão no uso de fertilizantes
21/02/2011

Os grandes desafios de quem sempre agiu à sua maneira
29/12/2010

Agricultura de Precisão
26/11/2010

Conteúdos Relacionados à: Agricultura de Precisão
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada