dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     02/07/2022            
 
 
    

E agora? A China invade a África. Viraram os maiores parceiros econômicos do continente afro. O mundo torce o nariz. Nossa, fazem acordos com ditadores, fecham os olhos para a tal da sustentabilidade, responsabilidade social e direitos humanos! US$ 100 bi foi o valor das relações comerciais entre china e África, em 2010. Será que devemos temer ou compreender a sabedoria milenar chinesa? Porque tanto medo se viraram nossos maiores clientes?  “Ah”, muitos dizem, “mas eles fazem coisas baratas e se tomarem a África vão produzir mais barato ainda!” Isso é  ruim? Será que o choque do “capimunismo” (mix de capitalismo com comunismo) , não tem nada para ensinar? Tem coisa que não presta, é verdade, mas que show de marketing , de penetração, de capilaridade de ponto de venda, de logística, distribuição, de suply chain. E, pelo que vemos, ainda tudo no início...
 
Enquanto isso acontece e o Sudão, com 46 milhões de terras agricultáveis para vender, se separa em norte e sul, vem aí previsões de seca na China, igual a seca da Rússia do ano passado. E o fator climático reina, no oposto com chuvas e alagamentos na Austrália.  Logo, isso caminha para escassez da oferta de alimentos, e a FAO constata o maior pico de preços da história no inicio de 2011, e o nosso agronegócio, o que mais poderia dar o salto de oferta e de agregação de valor continua com uma rolha bem grande na estrutura, na logística, na armazenagem e na crise de identidade entre discursos do Reino de Avatar por um lado e de predadores corruptos por outro, que terminam por roubar a nação pelo lado de dentro do próprio sistema, como o caso da madeira do Mato Grosso do ano passado.
 
Na ponta sofisticada do agribusiness, temos agora investidores. Pessoas físicas que podem investir  em commodities agrícolas. Mais um ativo para o risco, ou para mitigar o risco. Dos US$ 62 trilhões do PIB global, multiplicamos por 10, o movimento dos derivativos. E, pergunto, você vai investir em commodities agrícolas? Atenção os especialistas avisam: “cuidado é de altíssimo risco”. Se é para o investidor em papéis, imagine para o produtor rural que planta, cria, engorda, trata, colhe, recria, e geralmente não tem nem cofre, para armazenar sua produção e além de tudo assume todo o risco, incluindo o do “el nino e o da la nina“.

A lição de tudo isso é que sem velocidade e governança não se faz sucesso, ou para fazer sucesso sendo lento a seleção natural de milhares de produtores rurais é desastrosa demais, e o país pode perder espaço e área nessa olimpíada do agronegócio global. Falta carne no mundo, falta grãos, falta alimentos processados, falta água, falta meio ambiente, falta tudo e tudo falta. O que não nos pode faltar é criatividade e desafios ousados.

O mundo mudou, não mais pinturas de dragões da maldade versus valentes guerreiros das cruzadas. A afinidade entre o progresso evolutivo e todos os seus agentes, onde quer que se encontrem é a grande rota do mercado e do comércio neste século XXI. Sem fantasmas, o negócio é vender e produzir.
 
 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Marketing no Agronegócio - Artigos já Publicados

Código Florestal
20/06/2012

O grande negócio é local
21/09/2011

O mundo mudou, quais foram os quatro pilares do sucesso do agronegócio brasileiro?
18/07/2011

Nem só de pão vive o homem: o consumidor quer carne!
20/06/2011

A nova era da sensorização, sensibilização, reponsividade e sensitivização
23/03/2011

Conteúdos Relacionados à: Agronegócio
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada